8 Jeitos de Mudar o Mundo

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Secretaria de Saúde de Cascavel lança Campanha Agosto Azul 2015

Secretaria de Saúde de Cascavel realizará de 1º a 29 de agosto a Campanha Agosto Azul 2015. O projeto é voltado à saúde e bem estar do homem. Diversas atividades serão realizadas em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e USFs (Unidades de Saúde da Família). Na edição do ano passado, a campanha contabilizou mais de 25 mil atendimentos.
A programação contará com avaliações médicas, solicitação de exames, avaliação de saúde bucal, verificação de situação vacinal, confecção de cartão SUS, avaliação antropométrica, além de palestras educativas sobre vários temas referentes à prevenção da saúde do homem.
Os interessados em participar da Campanha Agosto Azul poderão procurar a unidade de saúde mais próxima de sua casa, nos dias e horários descritos na programação. A campanha da Sesau contribui para o alcance dos ODM 6 e 8, pois traz para as comunidades, exames preventivos e palestras educativas sobre a prevenção da saúde do homem .

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Projetos da UTFPR buscam ‘mudar o mundo’

O professor da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) de Ponta Grossa, Nelson Canabarro, resolveu inovar ao aplicar a matéria de Gestão de Projetos aos seus alunos do Curso de Engenharia de Produção. “A disciplina prevê o ensino das etapas de um projeto, mas resolvi fazer diferente. Achei que ficaria mais dinâmico”, explicou, contando que estimulou os alunos a elaborarem e tirarem do papel projetos voltados aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) que irão substituir os ODM em 2016.
Foto: Divulgação 
Esta ação do professor, que também é o coordenador do Núcleo Regional dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio dos Campos Gerais, rendeu dez projetos que envolveram 700 pessoas, de alunos a pessoas de comunidades de Ponta Grossa que receberam as atividades dos projetos. Temas como a valorização da mulher e dos jovens no mercado de trabalho, o meio ambiente e a saúde, pautaram os estudantes de Engenharia de Produção que elaboraram dez projetos.

Os dois projetos que servirão como extensão acadêmica serão o “Reuso da Água” e “Nutrindo o futuro”. “São dois projetos importantes e de fácil aplicabilidade”, explica Nelson.

Fonte: http://arede.info/ponta_grossa/projetos-da-utfpr-buscam-mudar-o-mundo/

terça-feira, 14 de julho de 2015

Rede Mulheres Negras do Paraná realiza em Cascavel o evento Mulheres Negras: Raça e Interseccionalidade

A Rede Mulheres Negras do Paraná realiza em Cascavel nesta sexta-feira (17) o evento Mulheres negras: Raça e Interseccionalidade. O debate  faz parte da Marcha das Mulheres Negras 2015, com base na luta contra o racismo e a violência, que será realizada em Brasília no mês de novembro. O evento também faz alusão ao dia da Mulher Afrolatinoamericana e Afrocaribenha, que será comemorado no dia 25 de Julho.

 “O objetivo do evento é divulgar a marcha das mulheres negras que acontecerá em novembro em Brasília, como também explicitar a vivência de mulheres negras afrolatinas que sofrem para além do racismo e do machismo”, explica Cleci Martins, organizadora do evento em Cascavel.  A organizadora falou também sobre os motivos da existência de um movimento de mulheres negras, “ Nossa militância se torna duplicada, esse será um momento único para nós mulheres negras. Vamos levar mulheres negras de todo o Brasil para Brasília, no entanto, elas precisam saber por que marcham. Essas atividades como a que faremos aqui dia 17 tem esse intuito”.

Programação:

No dia 17 serão realizadas diversas atividades,  no período da tarde haverá oficinas abertas à comunidade sobre a questão de gênero e raça, no Colégio Estadual Itagiba Fortunato, em Cascavel. Estarão presentes membros da comunidade local e das estudantes da Unila para ministrarem a oficina. E a partir das 19h haverá a mesa redonda Mulheres negras: raça e interseccionalidade, com a professora e doutora da Unila. Angela Maria de Souza e uma representante da Rede Mulheres Negras do Paraná. O evento é gratuito.
O evento organizado pela Rede Mulheres Negras do Paraná, contribui para o alcance do ODM 3: Igualdade entre sexos  e valorização da Mulher, pois oferece a conscientização sobre a luta contra o racismo e a violência contra a mulher.


segunda-feira, 13 de julho de 2015

X Conferência Municipal de Assistência Social de Apucarana cria metas para 10 anos

Envolvendo a participação de representantes de todas as entidades do município, da sociedade organizada, além de usuários e trabalhadores da área, a 10ª Conferência Municipal de Assistência Social de Apucarana atingiu seu objetivo de promover uma grande mobilização em torno do tema. Nos dois dias do evento, além da avaliação trabalho que está sendo realizado na cidade, um amplo debate resultou em sugestões para nortear as políticas públicas do setor nos próximos 10 anos, nas três esferas de governo: municipal, estadual e nacional.
Com o tema “Consolidar o Sistema Único da Assistência Social (SUAS) de vez rumo a 2026”, a conferência foi aberta, no Cine Teatro Fênix, com a presença do prefeito Beto Preto e sua equipe de governo, e da senadora Gleisi Hoffmann. Marcando o início da programação do evento, a palestra da ex-ministra de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes, contribuiu para preparar os participantes, com subsídios e informações de relevância, para os debates e elaboração das propostas apresentadas dentro os grupos de trabalho, na Adefiap.
“Participei da criação do SUAS quando trabalhei com os presidentes Lula e Dilma por cinco anos e esse sistema veio para ficar, conforme pude comprovar nas minhas viagens pelo país. Aqui em Apucarana o SUAS já é uma realidade, com 4 CRAS, CREAS, Centro de População de Rua e muitos outros serviços. Conferências, como a que está sendo realizada hoje em Apucarana, são de extrema importância, pois visam definir prioridades na área da assistência social para o futuro, mais especificamente para os próximos 10 anos”, disse Márcia Lopes.
O prefeito Beto Preto lembrou o crescente investimento do município na área da assistência social. “Os recursos do SUAS em Apucarana passou de R$ 500 mil em 2012 para uma previsão de R$ 5 milhões em 2015. Apucarana está investindo no SUAS e os resultados fazem parte do processo para construção de uma Apucarana diferente e melhor”, declarou. A iniciativa de estabelecer metas concretas para o SUAS está relacionada aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, através da articulação realizada pelo Colegiado Nós Podemos Apucarana e Vale do Ivaí, uma vez que o ODM 8 - Todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento é mobilizado e fomentado na consolidação dessas metas. Além disso, o trabalho idealizado a longo prazo visa aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, proposta de continuidade do trabalho com os ODM a partir de 2016.
Os avanços da assistência social foram relacionados na primeira etapa dos trabalhos da conferência. A secretária da Assistência Social, Márcia Regina de Sousa assegura que as conquistas foram inúmeras, mas é preciso mais. A conferência, segundo ela, é justamente para isso. Avaliar os avanços, mas também debater e definir em que é necessário ampliar e melhorar. “A proposta é estabelecer um plano das ações da assistência social para os próximos 10 anos. Isso é o que está sendo deliberado e votado nesta conferência. O que aprovarmos irá conferência estadual e reavaliado na conferência nacional. É importante que as mudanças, o que vai ser feito na assistência social em termos de políticas públicas seja resultado de debates nas bases como o que estamos realizando nesta conferência”, afirmou Márcia Regina de Sousa.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Apucarana

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Colégio Estadual CEEP Pedro Boaretto Neto realizará ação de recolhimento de resíduos eletrônicos e óleo de cozinha usado em Cascavel

Colégio Estadual CEEP Pedro Boaretto Neto realizará no próximo sábado (18/07), uma ação de recolhimento de resíduos eletrônicos e óleo de cozinha usado. A ação faz parte do projeto "AmbientAção" do curso técnico em meio Ambiente e visa a destinação correta de resíduos eletrônicos. No dia serão recolhidos monitores, Tvs, celulares, geladeiras, pilhas, baterias e óleo de cozinha usado.
Esta ação do Colégio CEEP contribui para o alcance dos ODM 7 e 8.