8 Jeitos de Mudar o Mundo

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Secretaria de Saúde de Cascavel atinge 100% de vacinados contra Influenza

A Secretaria de Saúde de Cascavel, divulgou  dados parciais da  Campanha de Vacinação contra a Gripe “ Influenza”. Os dados mostram  que a campanha atingiu 100,19% de imunização no Município de Cascavel.
No período de 22 de abril a 15 de julho as Unidades de Saúde vacinaram um total de 89.729 pessoas. Segundo o Ministério da Saúde, a Campanha não tem data para encerrar e o Município tem vacinas disponíveis em todas as Unidades de Saúde. Assim, quem ainda não vacinou e faz parte dos grupos prioritários pode procurar a Unidade mais próxima para receber a dose. Os grupos prioritários são pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, crianças com idade entre seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com doenças crônicas, população carcerária, funcionários do sistema prisional, portadores de doenças crônicas que não estão tendo acompanhamento médico e crianças de cinco a dez anos de idade. O secretário de Saúde, Reginaldo Andrade, lembra que no ano passado o Setor de Imunização da Secretaria de Saúde foi cobrado pelo Estado pela demora em atingir a meta.
“Este ano, graças ao empenho dos profissionais de saúde, ampla divulgação dos meios de comunicação e a alta procura da população logo no início da Campanha conseguimos atingir a meta para o Município em pouco mais de três meses, e esperamos que em outras campanhas possamos repetir o mesmo êxito”, destacou Reginaldo Andrade. A campanha de vacinação contra a “Influenza” esta alinhada com o ODM 6: Combater a Aids, a Malária e outras doenças, pois garante  a prevenção contra a gripe, proporcionando o bem estar e saúde da população.





quinta-feira, 17 de julho de 2014

Projeto Apiaba busca apoiadores para ajudar crianças carentes

O Projeto Apiaba, entidade não governamental sem fins lucrativos, que trabalha com projetos sociais, ambientais e culturais em Araruna está buscando apoiadores para um novo e ambicioso projeto social que beneficiará crianças carentes.
Segundo o Coordenador-geral da entidade, Jhony de Oliveira Lima, o projeto social chamado de “Meus Olhinhos” possibilitará o acesso de crianças carentes - com idades entre 3 e 14 anos -, a um médico oftalmologista e, para aquelas que precisarem usar óculos, que possam recebê-lo gratuitamente. Pretende-se ainda possibilitar o acompanhamento das crianças que apresentarem casos especiais, como aquelas que precisam ser atendidas em outros municípios.
“Há alguns meses eu acompanhei a Coordenadora Educacional de Araruna, Adriana Marçal, em um Conselho de Classe realizado em uma escola rural. Notei inúmeros casos de crianças que não avançavam de ano, ou que apresentavam muita dificuldade de evolução no aprendizado por não enxergarem bem. Isso me tocou muito, e ainda durante o conselho, disse às professoras que ia apresentar a ideia de um novo projeto ao pessoal do Apiaba e também à Diretoria de Educação, para que juntos pudéssemos buscar um modo para ajudar essas crianças. Fiz isso no mesmo dia e desde então tenho tentando encontrar uma forma de resolver o problema”, disse Jhony.
A Prefeitura de Araruna se disponibilizou a ajudar para que o projeto se tornasse realidade. A Diretora de Educação, Zilda Alessandra Sidoski, e a Secretária do Departamento de Saúde, Sonia Aparecida dos Santos Silva, mobilizaram suas equipes desde então para agilizar o acesso das crianças ao médico, conseguir apoio para a confecção dos óculos e para as os casos que precisarem de acompanhamento.
“Em contato com as diretoras das escolas municipais, dos centros de educação infantil e das creches, nossa equipe descobriu que 27 crianças seriam atendidas pelo ‘Meus Olhinhos’. Busquei apoio de um oftalmologista em Cianorte, mas infelizmente não consegui fechar uma parceria. Em Campo Mourão, não tenho nada certo, mas encontrei uma ótica que disse que poderia nos ajudar fazendo um preço melhor nas armações e lentes para o Projeto Apiaba e com certeza isso ajudará em muito, mas de todo modo, ainda não temos nenhum recurso para o Meus Olhinhos“, completou Jhony.
O Projeto Meus Olhinhos busca empresas, entidades, ou qualquer pessoa que se interesse em ajudar nesta causa social em prol da saúde e da educação destas crianças. Toda e qualquer pessoa que puder ajudar pode encontrar em contato com a equipe do Site Falando de Araruna, através do e-mail: contato@falandodeararuna.com.br ou pela página do Projeto Apiaba no Facebook no endereço eletrônico: www.facebook.com/Apiaba.



Na imagem, vemos da esquerda para a direita: Jhony de Oliveira Lima, Coordenador-geral do Projeto Apiaba; Pedro Vicente Rosolen, Secretário Geral da Prefeitura de Araruna; Zilda Alessandra Sidoski, Diretora Municipal de Educação; Sonia Aparecida dos Santos Silva, Secretária do Departamento de Saúde; e Adriana Julieta Basílio Marçal Zanoni, Coordenadora Educacional; em reunião sobre o Projeto Meus Olhinhos.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Coleta Legal: Secretaria do Meio Ambiente de Cascavel realiza divulgação nos terminais e no Paço Municipal

Secretaria de Meio Ambiente Cascavel está realizando  ações de divulgação do Coleta Legal, programa de coleta seletiva de Cascavel. Estagiários da Divisão de Educação Ambiental, da Semab, estão conversando com a população nos terminais de transbordo (Oeste, Leste e Sul) e no Paço Municipal, durante toda esta semana, sempre no período da tarde.

Durante os trabalhos, são distribuídas cartilhas educativas, sacolas de ráfia e esclarecidas dúvidas da população sobre o descarte correto dos resíduos. “Esta ação acontece para que as informações cheguem às pessoas das mais variadas formas, pois a vida é corrida e entre um ônibus e outro fica fácil se informar sobre a coleta seletiva e outras atividades da Secretaria de Meio Ambiente”, frisou Tarcila Rech, da Divisão de Planejamento e Educação Ambiental. Esta ação esta alinhada com o Odm 7 Qualidade de Vida e Respeito ao Meio Ambiente, através da mobilização e conscientização sobre a separação de lixo que é de suma importância para a preservação do meio ambiente em nosso município.
Mais informações sobre o Programa Coleta Legal podem ser obtidas na Secretaria de Meio Ambiente, peo ou ainda pelo site www.cascavel.pr.gov.br/sema.

 


 

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Secretaria de Meio Ambiente de Cascavel promove campanha sobre destinação de resíduos

A Secretaria de Meio Ambiente iniciou nesta última Quinta feira(9), uma campanha de conscientização e orientação do uso de caçambas de entulhos. Para isso, técnicos visitaram empresas que operam o serviço em Cascavel, entregando cartilhas que deverão ser distribuídas aos cidadãos que contratarem os serviços de caçambas. O objetivo é normatizar os resíduos que podem ser colocados nesses receptores.
"A Secretaria busca a conscientização do gerador e mostra a responsabilidade dele com relação à destinação final de resíduos sólidos", afirmou o secretario de Meio Ambiente, Paulo Carlesso.
Para isso foram produzidas 30 mil cartilhas, com as "Normas para Uso de Caçamba de Entulhos". O material é didático e de fácil entendimento, para que a população saiba o que pode e que não pode ser acomodado em caçambas.
A cartilha orienta, por exemplo, o que é reciclável ou não, e fornece os dados dos processadores de recicláveis. A colocação de lixo doméstico em caçambas implica em multa de cinco UFMs (Unidades Fiscais do Município), o que hoje corresponde a R$ 160,20 ao contratante da mesma. A ação de conscientização da  secretaria de Meio Ambiente de Cascavel esta alinhada com o ODM 7 Qualidade e respeito ao Meio Ambiente, pois leva a informação até a comunidade incentivando a destinação correta de resíduos.

A cartilha pode ser encontrada, também, no Portal do Município. Acesse a cartilha


segunda-feira, 30 de junho de 2014

Profissionais recebem Instrução para Atendimento à Mulher em situação de violência em Guarapuava


Conhecer o ciclo de violência, a forma que ela se dá, a legislação existente para combatê-la e como atender as vítimas é essencial para todos os profissionais da segurança, da saúde, da educação e da assistência social. Por isso, a Secretaria de Políticas para Mulheres realizou nos dias 5 e 6, no Auditório da Faculdade Guairacá, a Instrução para o atendimento à mulher em situação de violência. “Muitas vezes uma criança comenta com a professora que a mãe sofreu violência, ou a mulher vai repetidamente ao posto de saúde com muitas queixas. A violência doméstica está mais presente na nossa realidade do que se tem ideia e isso não é responsabilidade apenas do profissional da segurança, mas de todos os envolvidos na rede”, alerta a Tenente Luci Belão, palestrante na abertura da Instrução nesta quinta-feira (05).
Na ocasião, foi lançada uma cartilha com o fluxo de atendimento, orientações, a função de cada entidade integrante da Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher de Guarapuava e uma lista de contatos para agilidade e eficácia no atendimento. Esse material foi estudado durante a Instrução e será também, posteriormente, distribuído a todos os profissionais envolvidos na Rede.
Instrução reúne 18 municípios da região

Desde março, Guarapuava foi escolhida como cidade polo da região sul no enfrentamento à violência contra a mulher, por isso o evento conta com a participação de profissionais de 18 municípios. Durante a Instrução, a vice-prefeita reuniu-se com os representantes de cada cidade para realizar um mapeamento de todos os serviços de combate à violência e amparo à mulher que existem na região. Essa política é amparada pelos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM), especificamente os atendem aos direitos das mulheres, os que se destacam são: Objetivo 2 (Educação Básica de qualidade para todos) , 3 (Igualdade entre sexos e valorização da mulher) e 8 (Todo Mundo Trabalhando pelo Desenvolvimento).