8 Jeitos de Mudar o Mundo

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Seminário Estadual sobre o 4º Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Inscrições: www.nospodemosparana.org.br

CLIQUE NA IMAGEM E CONFIRA O CONVITE



PROGRAMAÇÃO

08h00min - Credenciamento - Momento Cultural

09h00min - Formação da mesa e pronunciamento das autoridades
- Ministério do Planejamento - Ministro Paulo Bernardo
- Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome Ministra Marcia Helena Carvalho Lopes - Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade - Rodrigo da Rocha Loures
- Organização das Nações Unidas - ONU Maria Celina Arraes
- Secretaria Geral da Presidência da República - Wagner Caetano
- Casa Civil da Presidência da República - Raquel Benedeti
- Coordenador de Política da Juventude do Ministério do Desenvolvimento Agrário - Fabiano Kempfer
- Secretaria de Políticas para as Mulheres - Gabriela Parente
- Governo Estadual (a confirmar)
- Governo Municipal (a confirmar)

10h00min - 4º Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio/IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada - Luciana Servo

11h30min - Indicadores do ODM - Paraná/ Observatório de Base de Indicadores de Sustentabilidade – ORBIS

12h - Debate

12h30min - Almoço

14h00min - Práticas vencedoras nas edições do Prêmio ODM Brasil do Estado do Paraná
1° Edição - Menarca de Promoção à Saúde da Menina / Ponta Grossa Nelson Canavarro
Escola de Gestante / Apucarana - João Carlos de Oliveira
2° Edição- Programa de Recomposição da Mata Ciliar/ Cafelândia - Celso Brasil
Mãe Curitibana/ Curitiba
3° Edição- Rede Municipal de Bibliotecas Escolares/ Curitiba

15h30min - Boas Práticas do Paraná
Movimento Nós Podemos Maringá - Adriana Pierini
Movimento Nós Podemos Campos Gerais/Tibagi - Sinval Ferreira da Silva

16h00min - Municipalização do Movimento Nós Podemos Paraná -Planejamento do " Levante-se e Faça sua parte", da Mostra de Projetos e preparação do 3° Congresso Nós Podemos Paraná Maria Aparecida Zago Udenal

17h00min - Encerramento

terça-feira, 25 de maio de 2010

PNUD vai premiar fotografias sobre os ODM

Fotos serão expostas durante a cúpula de líderes que discutirá uma agenda para acelerar os avanços em prol dos Objetivos do Milênio.


O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a empresa de produtos fotográficos Olympus e a Agência France Presse lançaram o concurso Fotografe isso: Nós Podemos Acabar com a Pobreza, que vai selecionar as melhores imagens sobre os esforços que estão sendo feitos para cumprir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).

As fotos vencedoras do prêmio, que está em sua segunda edição, serão reunidas em uma exposição que ocorrerá durante a Cúpula das Nações Unidas para os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, em setembro, em Nova York. O encontro vai reunir líderes para tentarem elaborar uma agenda com ações concretas para que as metas sejam atingidas no prazo. A ideia da exposição é dar uma "face humana" aos ODM.

A premiação é dividida em três categorias. O primeiro, o segundo e o terceiro colocados das categorias Amador e Profissional serão apontados por um júri composto pelo ator Antonio Banderas e quatro fotógrafos profissionais. Já ao vencedor da categoria Escolha Popular será determinado por votação via internet, no site do prêmio.

A iniciativa pretende mostrar, "sob um aspecto positivo", o que tem sido feito ao redor do mundo para que os Objetivos do Milênio sejam alcançados. "Com o concurso fotográfico deste ano, queremos mostrar que os ODM podem ser atingidos, mesmo nos países mais pobres e em maior desvantagem", afirmou a administradora internacional do PNUD, Helen Clark.

"Estamos em um momento decisivo na luta contra a pobreza. O desafio de atingir os ODM não pode ser alcançado por uma só pessoa, organização ou governo. Todos os setores da sociedade precisam estar envolvidos numa mobilização para um grande impulso em direção a 2015. Esse prêmio fotográfico é o tipo de iniciativa que vai juntar todos esses diferentes grupos de modo a chamar atenção para a urgência de atingir os ODM", disse Banderas.

Informações no site do concurso: http://picturethis.undp.org

Fonte: PNUD

terça-feira, 18 de maio de 2010

Agora também estamos no Facebook!

O Nós Podemos Paraná criou uma conta no Facebook afim de estreitar o relacionamento com o público da web. Se você faz parte dessa rede, ADICIONE!

Conheça também nosso Twitter e Orkut:

Comunidade debate ações pelos Objetivos do Milênio

Círculo de Diálogo foi realizado no sábado (15) no Santa Mônica Clube de Campo.


O Movimento Nós Podemos Paraná realizou sábado (15) um Círculo de Diálogo em Colombo, no Santa Mônica Clube de Campo. O objetivo do evento foi mobilizar a comunidade para as ações em prol dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e articular a criação do Movimento Nós Podemos Colombo. O diretor regional do Senai Paraná, João Barreto Lopes, participou do evento, que foi realizado em parceria com o Lions Clube Curitiba Batel, FAE (Faculdade de Administração e Economia), Santa Mônica Clube de Campo e Prefeitura Municipal. "Queremos definir ações concretas para que as mudanças necessárias para melhorar o mundo sejam realmente realizadas", destacou o presidente do Lions Clube Curitiba Batel, Carlos Eugênio de Melo.

Durante o Círculo de Diálogo, a comunidade definiu como prioritárias as seguintes ações: retirar o depósito de lixo das ruas da vila Zumbi; dar prosseguimento aos trabalhos realizados na vila Liberdade; realizar atividades preventivas as doenças transmitidas por mosquitos; incentivar ações já realizadas como a biblioteca comunitária e o coral que se apresenta nos hospitais; realizar ações para a formação continuada dos trabalhadores; trabalho de divulgação dos ODM para os alunos da educação infantil; reunir as lideranças dos bairros para discutir projetos de iluminação pública e calçamento.

O presidente do Santa Mônica Clube de Campo, Raul Ancântara de Souza, lembrou que o Clube já desenvolve ações pelos ODM, principalmente, na área ambiental. "Os nossos objetivos são os mesmos", afirmou ele.


No final do Círculo, um grupo de voluntários se mobilizou para iniciar as atividades do Movimento Nós Podemos Colombo. "Todas as atividades que já realizamos na FAE e no Colégio Bom Jesus, nós o fazemos de forma muito coerente e espontânea porque esta causa está em plena sintonia com a nossa missão institucional", destacou o professor da FAE, Nilson Pegorini.

Movimento - Os Círculos de Diálogo são encontros locais com a participação da comunidade, empresários e prefeitura para a definição de ações em prol dos 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Os ODM são metas estabelecidas pela ONU para priorizar a eliminação da fome e extrema pobreza até 2015. O pacto tem a adesão de 189 países e o prazo para alcance das metas é 2015 .

O Movimento Nós Podemos Paraná, articulado pelo Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), foi criado em 2006 para sensibilizar e mobilizar a sociedade com o objetivo de contribuir para desenvolvimento local. O desafio do Movimento é antecipar o cumprimento das metas dos ODM para 2010.

Paraná terá Observatório Social Estadual

Baseado em experiência de Maringá, Paraná terá o primeiro órgão de busca pela transparência em esfera estadual no País


O Paraná será o primeiro Estado brasileiro a contar com um Observatório Social Estadual, órgão privado que atua como instrumento de busca de transparência na administração de recursos públicos. Nesta segunda-feira (10), presidentes de entidades de representação empresarial, dirigentes acadêmicos e empresários acordaram a criação do Observatório Social do Paraná, que funcionará aos moldes do Observatório Social de Maringá (OSM), primeira experiência do gênero no Brasil.

"Há um consenso para termos um Observatório Estadual no Paraná, um instrumento da sociedade administrado por um colegiado de entidades. Vamos desenhar uma proposta estadual, formando uma equipe técnica conjunta que elaborará um protótipo para o Paraná inspirado na experiência de Maringá", afirmou o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Rodrigo da Rocha Loures, anfitrião do encontro que aconteceu no Cietep, em Curitiba.

Durante a reunião foi feita uma apresentação em detalhes do funcionamento do Observatório Social de Maringá, que atua autonomamente na auditoria de editais de licitação, auditoria fiscal e auditoria na entrega, além de acompanhar as atividades da Câmara Municipal do município. "A fiscalização colabora para aumentar os impostos arrecadados e diminuir os gastos públicos, o que significa um aumento da capacidade de investimento do município", disse o presidente do OSM, Carlos Anselmo Corrêa. Em seguida, o dirigente do órgão apresentou uma proposta de funcionamento para o Observatório Estadual, que foi acolhida pelos participantes.

Após a exposição, foi formado um grupo técnico formado por representantes de todas as entidades participantes que será responsável pela formatação da proposta de funcionamento do órgão. Além da Fiep, estiveram presentes no encontro representantes da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap), da Associação Comercial do Paraná, do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Paraná (Crea-PR), do Instituto de Engenharia do Paraná e da Universidade Federal do Paraná.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Quatro Barras discute ações pelo desenvolvimento

O Movimento Nós Podemos Paraná realizou na quarta-feira (5) um Círculo de Diálogo em Quatro Barras. O encontro foi realizado no Salão Paroquial da Igreja São Sebastião e contou com a presença de representantes da Prefeitura Municipal, Câmara de Vereadores, Fórum, Associação Industrial e Comercial de Quatro Barras e Campina Grande do Sul, Colégio SESI e Copo Brasil.

Durante o Círculo, a comunidade discutiu formas de implantar no município ações relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e estabelecer o Movimento Nós Podemos Quatro Barras. O Núcleo Local de Trabalho irá articular as ações do movimento.

"Por que não começar a mudar o mundo pela nossa cidade?", disse o secretário de finanças do município, Fernando Cunha.

Entre as ações sugeridas como prioritárias pela comunidade estão: trabalhar com as igrejas para resgatar o valor das famílias; escola integral; palestras e conscientização sobre a igualdade entre os sexos; implantação de um centro de apoio à gestante; sensibilização e conscientização da população sobre reciclagem do lixo e promover eventos escolares.

"Acreditamos que através do Círculo de Diálogo será possível potencializar ações de desenvolvimento local e melhorar os projetos e ações já existentes", salientou a presidente da Associação Industrial e Comercial de Quatro Barras e Campina Grande do Sul, Marli de Castro Gomes.

A primeira reunião do Movimento Nós Podemos Quatro Barras será no dia 12 de maio, às 8h30min, na Câmara de Vereadores. Os representantes do Movimento são: Manoel da Silva (coordenador); Jenniffer Pinto (secretária), Denise de Moura e Roberto Carlos da Conceição (comunicadores).

Nós Podemos Paraná busca apoio dos vereadores de São José dos Pinhais

O Movimento Nós Podemos Paraná participou da sessão plenária da Câmara de Vereadores de São José dos Pinhais, na terça-feira (4). O objetivo da palestra foi apresentar o Movimento para os vereadores e solicitar apoio para as ações realizadas pelo Nós Podemos São José dos Pinhais. A proposta do Movimento é promover Círculos de Diálogo nos bairros. "As ações propostas pelo Movimento podem contribuir muito para o desenvolvimento do município", salientou o vereador Walder Mulback.

Nós Podemos Cascavel trabalha pela preservação ambiental

O Movimento Nós Podemos Cascavel está realizando, desde o dia 27 de abril, um projeto piloto para a coleta de lixo eletrônico na Escola Estadual Pe. Carmelo Perrone. O projeto está sendo realizado em parceria com a Empresa Nova Cascavel Reciclável.

A iniciativa é voltada para adolescentes matriculados em escolas públicas e o objetivo é coletar e destruir carcaças de televisores, computadores e outros equipamentos. Alguns materiais são reaproveitados e os demais triturados e ensacados, evitando assim que sejam encaminhados diretamente ao aterro sanitário

"O resultado é a criação de novos empregos e a reutilização de alguns materiais. Este trabalho contribui para a limpeza do solo e a conservação do meio ambiente", destacou o coordenador da empresa, Reginaldo Antunes.

Para participar do projeto os adolescentes precisam comprovar a freqüência na escola. A cada semana sem faltas, o aluno terá direito a 1 hora de acesso a internet e mais 1 hora de aula de computação.

O Movimento Nós Podemos Cascavel está analisando e ajustando o funcionamento do projeto até o final desta semana. O objetivo é estabelecer diretrizes de funcionamento e definir meios de expansão da proposta.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Nós Podemos Paraná apresenta projeto para as primeiras-damas

A Associação das Esposas de Prefeitos do Litoral, Suleste e Metropolitana (Assesplam) realizou uma reunião no dia 27 de abril, no município de São José dos Pinhais. Durante o encontro, o Movimento Nós Podemos Paraná realizou uma apresentação das ações realizadas e buscou o apoio das primeiras-damas para o projeto de municipalização do Movimento.

"Como as primeiras-damas são pessoas preocupadas com as questões sociais, elas serão as responsáveis pela articulação do movimento nos municípios. Elas conhecem a realidade de cada local e podem ajudar a construir ações que visem o desenvolvimento local", afirmou a coordenadora do Movimento Nós Podemos Paraná, Maria Aparecida Zago Udenal.

Nós Podemos Paraná - por Guilherme Weber

video

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Florestópolis articula núcleo local

O Movimento Nós Podemos Paraná realizou no dia 28 de abril um Círculo de Diálogo em Florestópolis. O encontro foi realizado no CRAS e contou com a presença de representantes da Prefeitura Municipal, Pastoral, professores, alunos, Emater, escoteiros e agentes de saúde.

Durante o Círculo, a comunidade discutiu formas de implantar no município ações relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e estabelecer o Movimento Nós Podemos Florestópolis. O Núcleo Local de Trabalho irá articular as ações do movimento.

Entre as ações sugeridas como prioritárias pela comunidade estão: representações dos bairros da cidade nos Conselhos Municipais; criação do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher; palestra sobre cuidados com os recém-nascidos; mobilização das gestantes; construção de um clube aquático arborizado e pesquisa de investigação para implementação de projetos de capacitação e qualificação de mão-de-obra no município.

A primeira reunião do Movimento Nós Podemos Florestópolis será no dia 26 de maio, às 9 horas, no CRAS. Os representantes do Movimento são: Marcos Luz (coordenador), Marcia Schiavoni (secretária) e Denys Saul (comunicador).

Movimento Nós Podemos Pontal do Paraná é formado

O Movimento Nós Podemos Paraná realizou no dia 27 de abril um Círculo de Diálogo em Pontal do Paraná. O encontro foi realizado na Casa da Cultura e contou com representantes da Prefeitura Municipal, terceiro setor, empresários e pescadores.

Durante o Círculo, a comunidade discutiu formas de implantar no município ações relacionadas aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e estabelecer o Movimento Nós Podemos Pontal do Paraná. O Núcleo Local de Trabalho irá articular as ações do movimento.

Entre as ações propostas durante o Círculo estão: doação de cestas básicas; qualificação dos trabalhadores, acompanhamento escolar; conscientização das mulheres sobre as eleições; apoiar os projetos voltados para as gestantes e as adolescentes desenvolvidos pelo Provopar; campanha para reciclagem do lixo e o turismo esteja voltado para o desenvolvimento sustentável.

A primeira reunião do Movimento Nós Podemos Pontal do Paraná será no dia 18 de maio, às 19 horas, na Casa da Cultura. Os representantes do Movimento são: Ângela Pizzol(Coordenadora), Cleonice Nascimento (Secretária) e Marcelo Ribeiro (comunicador).